BUSCA    

ESTOQUE - SPORTS

Austin-Healey Sprite “Bug Eye” 1958
O Austin-Healey Sprite é um pequeno carro esportivo aberto que foi produzido no Reino Unido de 1958 a 1971. O Sprite foi anunciado à imprensa em Monte Carlo pela British Motor Corporation em 20 de maio de 1958, pouco antes do Grande Prêmio de Mônaco deste ano. Ele foi concebido para ser um modelo de baixo custo e ainda ser o sucessor para as versões esportivas dos Austin Seven do pré-guerra. O Sprite foi projetado pela Donald Healey Motor Company, com produção sendo realizada na fábrica da MG em Abingdon. Ele foi pela primeira vez à venda a um preço de £ 669, usando uma versão de motor melhorada do Austin Série A e outros componentes de carros existentes da marca na época. O Sprite rapidamente se tornou conhecido carinhosamente como o "frogeye" (olho-de-sapo) no Reino Unido e "bugeye" (olho-de-inseto) nos Estados Unidos, porque seus faróis foram proeminentemente montados em cima do capô, dentro dos para-lamas dianteiros. Os desenhistas do carro queriam que os faróis fossem retráteis, com as lentes olhando para cima quando fechados, mas o corte de custos da BMC cancelou o projeto, fazendo com que os faróis fossem simplesmente fixados sobre o capô, dando ao carro sua característica mais distintiva. O design do chassis do Sprite foi o primeiro de um carro esportivo de grande produção no mundo a usar um monobloco onde os painéis de chapa metálica (além do capô) sustentam as tensões estruturais. A espessura do aço da estrutura traseira especificada por Bilbie foi reduzida pelo Escritório de Design da Austin durante a construção do protótipo, mas no entanto, durante o teste da MIRA (Motor Industry Research Association) ocorreram distorsões e deformmações na estrutura traseira e a especificação original foi reintegrada. Os dois braços dianteiros do chassis que se projetam para a frente a partir do compartimento de passageiros demonstram que a carroceria não é um monobloco completo. O conjunto de metal dianteiro, incluindo o capô e para-lamas, formam uma única peça com dobradiças na parte traseira, que giram para cima para permitir o acesso ao compartimento do motor. O motor de 56 CV e 948 cc foi derivado do Austin A35 e do Morris Minor 1000, também produtos BMC, mas foi “apimentado” com 2 carburadores SU de 1 1/8 polegadas. A direção de pinhão e cremalheira foi derivada do Morris Minor 1000 e a suspensão dianteira do Austin A35. Não existem maçanetas externas nas portas, abrindo apenas por alavancas internas. Também não há tampa de porta-malas, devido à necessidade de manter a integridade estrutural, e o acesso à roda sobressalente e ao compartimento de bagagem que é acessível inclinando os encostos dos bancos para a frente, mas que resulta em um grande espaço disponível para armazenar bagagens leves.

O nosso Austin Healey “Bug Eye” Sprite MK1 de 1958

Praticamente um carrinho de brinquedo, foi importado 0km em 1958 para o Brasil, e seu estado de conservação é excelente! Restaurado há pouco mais de 10 anos incluindo toda a parte mecânica, possui seus números corretos como saiu de fábrica (matching numbers) com sua capota e janelas postiças ainda originais da época. Muito delicioso de dirigir e bastante valente apesar de seu pequeno motor de 4 cilindros com 63 cavalos já que pesa apenas 664 kg. É muito raro de se encontrar um nas ruas Brasileiras e quase impossível neste estado de conservação!

Oferecido pelo valor de cento e vinte mil reais.





Agende seu horário

Telefone:(11) 3062.3600 - E-Mail:atendimento@privatecollections.com.br